Nossas Devocionais

Deus usa pessoas e circunstâncias

por

Pr. Paulo Guedes Soares

“Que vocês tenham graça e paz vindas de Deus, o Pai, e de Cristo Jesus, nosso Salvador”.

Meus irmãos, meditemos hoje em 2Reis 8.1-6: “Eliseu tinha dito àquela mulher cujo filho ele havia ressuscitado: Sai daqui com tua família e vai habitar onde puderes, porque o Senhor enviou fome que assolará a terra por sete anos. Então a mulher saiu conforme a palavra do homem de Deus e foi habitar com a família na terra dos filisteus por sete anos. Ao final dos sete anos, a mulher voltou da terra dos filisteus e foi pedir ao rei a sua casa e suas terras de volta. O rei falava com Geazi, o servo do homem de Deus: Conta-me a respeito de todos os grandes feitos de Eliseu. Quando ele estava contando ao rei como Eliseu havia ressuscitado um morto, a mulher cujo filho havia ressuscitado foi pedir ao rei a sua casa e suas terras de volta. Então Geazi disse: Ó rei, meu senhor, esta é a mulher, e este é o seu filho a quem Eliseu ressuscitou. O rei interrogou a mulher, e ela lhe contou o caso. Então o rei lhe designou um oficial e lhe disse: Faze restituir-lhe tudo quanto era dela, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou o país até agora”. Apesar da beleza e importância desse texto, pouco se faz referência a ele, mesmo ele contendo lições interessantes para as nossas vidas. O profeta Eliseu aconselha a sunamita a sair da terra de Israel, acompanhada de sua família e habitar em outro país, “porque o Senhor enviou fome que assolará a terra por sete anos”. Ela deixou tudo o que tinha em Israel e foi habitar entre os filisteus. Às vezes Deus nos ordena a tomar certas atitudes para nos fazer crescer no entendimento da Sua vontade e, ao mesmo, nos preservar de situações difíceis e prejudiciais para nós e para os nossos. Meus irmãos, no tempo de Deus Ele usa pessoas e circunstâncias para nos restituir o que parece que havíamos perdido, como mostrado nessa história. O rei chamou ao palácio Geazi, o ajudante do profeta Eliseu e pediu-lhe para contar os feitos daquele profeta. No momento em que ele contava sobre a ressurreição do filho da sunamita, ela própria entra no palácio retornando da Filístia, para pedir ao rei que mandem os invasores de suas terras desocuparem-nas. Vejam o agir de Deus: “Quando ele estava contando ao rei como Eliseu havia ressuscitado um morto, a mulher cujo filho havia ressuscitado foi pedir ao rei a sua casa e suas terras de volta. Então Geazi disse: Ó rei, meu senhor, esta é a mulher, e este é o seu filho a quem Eliseu ressuscitou”. O rei conversa com a mulher e atende integralmente o seu pedido: “Então o rei lhe designou um oficial e lhe disse: Faze restituir-lhe tudo quanto era dela, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou o país até agora”. Não é em vão que a Bíblia diz que Deus sempre age acima e além das nossas expectativas: “Àquele que é poderoso para fazer bem todas as coisas, além do que pedimos ou pensamos, pelo poder que age em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém” (Efésios 3:20‭-‬21).Deus vos abençoe, meus irmãos, juntamente com vossas famílias. Amém!

Foi abençoado? Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram